Finalmente o verão!!

DSCN0963

E finalmente…chega o verão! Como já falei em artigos anteriores, o verão é muito aguardado pelos finlandeses. O verão representa mais luz, sol, calor, férias, vida simples nas casas de campo, gril com os amigos na beira dos lagos, sauna, o cheiro da makkara (salsicha finlandesa), morangos frescos e doces, velejamento, tomar um drink nos terraços dos bares, admirar as flores nas janelas das casas, sentar na grama,  crianças correndo finalmente descanças…o verão é tudo de bom e, infelizmente é uma experiência curta… porém intensa!

O finlandês é tão castigado pelos longos e duros invernos que acho que não existe povo no mundo que espere o verão com tanta asiendade como eles. Por esta razão, temos que aproveitar cada momento de sol e de calor. Talvez esta seja a razão porque as férias de verão da Finlândia, ao contrário do resto da Europa, já iniciam no primeiro de junho e vão até a segunda quinzena de agosto. A Finlândia tem as maiores férias escolares da Europa, dois meses e meio.

O verão começa no último dia de aula, no final de maio. Na Finlândia toda os estudantes comemoram o final do ano letivo e as respectivas formaturas no primeiro e no segundo grau. É interessante ver o ritual acontecer simultaneamente em todo o país: as festas, a champanhe, as rosas que cada aluno ganha, o chapéu branco  dos formandos do ensino médio, o orgulho dos pais e a alegria da família que agora planeja as férias.

DSCN0790

E o que o finlandês mais gosta de fazer no verão é voltar a sua origem, ou seja, desaparecer no meio da floresta nas suas “kessämöki” casas de verão. Existem famílias que despendem todo o verão em suas casas de campo à beira do lago. O centro de  Helsinki fica praticamente atirado aos turistas nos finais de semana e especialmente no mês de Julho que é o mês mais quente e o mês em que a maioria tira férias.

As pessoas ficam mais nas ruas, sentam nos terreços e na grama das praças para tomar sol e conversar com os amigos. As cidades estão cheias de vasos coloridos de flores e finalmente as sorveterias abrem e os mercados enchem suas barracas de morangos e outras frutas frescas.

A média de temperatura para um dia quente de verão finlandês é de 25graus, podendo haver dias com 15graus. Mas graças ao efeito estufa que “bagunça” as temperaturas no globo interio, nós temos tido o privilégio de ter temperaturas de 30graus.  Fato que faz as poucas praias e os muitos lagos encherem de gente.

DSCN0741

O mais legal no verão é a luz, a claridade permanente. O dia 21 de dezembro é considerado o pico de escuridão do inverno e a partir daí, de minutos em minutos, que se pode acompanhar pelos jornais, os dias vão ficando cada vez mais longos, até o momento onde não existirá mais noite. É o chamado e romantizado “sol da meia noite” que eu já tive o privilégio de presenciar no norte do país. A claridade, por sua vez, tem seu pico exatamente no dia de São João que aqui é o dia mais longo do ano. O chamado “Juhannus” marca o equinócio de verão no dia 21 de junho. Após isto, caminhamos novamente para a escuridão.

Este fenômeno ocorre nas proximidades dos pólos, acontecendo porque a inclinação do eixo da Terra em relação ao plano da sua órbita faz com que a luz solar incida quase perpendicularmente sobre os pólos durante seis meses de cada ano. Um quarto do território da Finlândia encontra-se ao norte do Círculo Polar Ártico e no ponto mais setentrional do país é onde o sol não se põe durante 60 dias no verão.

Mas Finlândia não é a dona do sol da meia noite, o fenômeno acontece também em toda a Escadinávia nos meses de verão, fazendo com que nunca anoiteça completamente.

Ter as noites claras é uma experiência de fato maravilhosa. O sol apenas desliza pelo horizonte, porém ele não desaparece. Aqui na região de Helsinki experimentamos ainda alguns minutos de “não claridade” e isto depende muito se o tempo está nublado, por exemplo. Mas no norte do país, simplesmente a noite não existe.

IMG_2398

Talvez por ter tanta claridade a natureza se recupera tão rapidamente do inverno, enchendo-se de verde e as flores mais coloridas despontam em todo parte livre de terra. Realmente é um verão intenso e o finlandês vibra na mesma intensidade que a natureza. Eles ficam mais simpáticos, mais felizes, mais comunicativos. Quem vem no à Finlândia por esta época não concorda que este povo é conhecido por sua frieza de sentimentos e timidez.

Claro que tem os aspectos negativos, sempre tenho que me lembrar deles senão algum mal humorado leitor fará questão de escrever nos comentários o enterno problema da bebida e de como os finlandeses podem se tornar inconvenientes com uma garrafa na mão. Sim, não vou negar, o álcool é algo que não combina com o finlandês, eles não conseguem administrar e acabam sempre bebendo demais. Todo ano existem muitas mortes por afogamentos nos lagos por excesso de bebida, jovens exagerando e situações desagradáveis.

Mas, eu prefiro olhar os aspectos positivos, pois eu moro aqui e também espero todo ano o verão com a mesma ansiedade e alegria dos finlandeses. Conto nos dedos a hora de poder comprar novas flores e plantar no meu jardim, colocar finalmente um vestido, poder tomar sorvete na rua, chegar de madrugada com o dia claro e fazer piquenique a beira do lago. Com a vantagem de que o clima nunca ficará quente demais ou abafado, as temperaturas serão sempre agradáveis. Quer verão melhor?!

Então…vamos recaregar bem as energias que em agosto começa tudo novamente. Bom verão à todos!

brasileiras pelo mundo

Conheça o blog “Brasileiras pelo mundo”
http://www.brasileiraspelomundo.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s