Natal na Finlândia

Por:Evelyse Eerola
Para: Brasileiras pelo mundo

Bonde de Natal
Bonde de Natal

O natal está chegando e a Finlândia, coberta de branco, se transforma em um cartão de natal vivo. Embora a neve tenha chegado mais tarde  aqui no sul, nada tira o espírito de natal dos finlandeses que sempre esperam ansiosamente por esta data!

Eu fui conhecer o verdadeiro espírito de natal aqui. O país é cheio de tradições muito antigas e os finlandeses inciam as preparações já no início de dezembro. A estrela principal da festa, o Papai Noel, vem para a capital Helsinki abrir o natal numa grande parada numa das principais ruas da cidade,  já no finalzinho de novembro e juntamente com a festa da Santa Lúcia, oficialmente abrem as festividades de natal e a cidade se enfeita com decorações vermelho e verde e luzes.

Assim que os dias começam a ficar menores e as noites maiores, o finlandês já entende que o natal está chegando, é hora de procurar as caixas com os enfeites no depósito. Uma das tradições que eu considero mais bonita e que ajuda a iluminar as noites escuras de dezembro são as velas nas janelas. Os finlandeses costumam colocar castiçais elétricos em forma de pirâmide entre os vidros das janelas para que iluminen o caminho do bom velhinho quando este vier trazer os presentes na noite de natal. Não somente as casas têm estas velas, mas também os prédios comerciais, bancos, creches, escolas, etc.. Também pequenas lâmpadas penduradas nas árvores e arbustos em frente as casas ou nas sacadas, juntamente com as guirlandas de natal das portas, enchem e iluminam as cidades e bairros com o espírito de natal.

Outra tradição que meus filhos adoravam quando eram pequenos é o “calendário de natal” que conta os dias do primeiro de dezembro até a noite de natal. O calendário tem 24 portas que devem ser abertas uma a cada dia. Existem muitos tipos de calendário, mas o mais popular é o calendário de chocolate. A cada dia a criança abre a portinha, ou janelinha, correspondente e lá tem um pequeno chocolate. Quanto mais portinhas abertas, mas aumenta a emoção e a certeza de que o natal se aproxima.

As lojas estão repletas de enfeites de todos os tipos, as renas feitas de material natural, palha, que são colocadas no chão da sala ao redor da árvore que é uma tradição da época em que o país ainda era pobre. Assim como vários outros, meias nas lareiras, estrelas, maçãs, renas e pequenos duendes de natal e muitas velas também iluminando o interior das casa durante todo o mês de dezembro. A Finlândia tem velas de todos os tipos, cores e perfumes.

Existem também algumas flores que são típicas e que encontramos em todos os locais, como a chamada Estrela de Natal branca ou vermelha,  a Amarilis e a que eu mais gosto, o Jacinto que se compra ainda fechada em botão no início do mês, depois ela vai abrindo e aparecem diversas pequenas flores perfumadas.

Por incrível que pareça, a estrela de todas as decorações de natal, o elemento mais esperado pelas crianças, a árvore de natal, o abeto, só vai aparecer nas casas no dia 22 ou mesmo 24 de dezembro. Sem nenhuma preça os finlandeses vão curtindo e esperando as festas e na última semana saem para procurar um pinheiro grande que encha a casa com o seu perfume de pinho para decorarem. A tradição manda que você saia com o machado na mão e vá procurar um pinheiro bem bonito nas suas terras. Hoje em dia, quem mora no interior, ainda cumpre a tradição, mas nas cidades, o comum é que os  homens saiam com a carteira na mão e estejam dispostos a gastar de 50€ à 70€ pela alegria das crianças em decorar um lindo pinheiro.

O dia 24 é o dia mais aguardado e exatamente ao meio dia, o secretário municipal da ciade de Turku, antiga capital finlandesa, proclama publicamente o início da paz de natal. Este é um antigo costume nórdico que data da idade média e hoje em dia é transmitido para toda a Finlândia pela Tv e internet. A tarde faz parte da tradição assistir a missa de natal e visitar os cemitérios levando velas àqueles que não estão mais aqui.  Os cemitérios tornam-se um mar de velas colocadas na neve e é um espetáculo bonito e ao mesmo tempo comovente. Para nós que estamos longe dos nossos parentes dá uma pontinha de tristeza e saudade.

Ainda faz parte da tradição fazer sauna, claro, tomar o glögli, vinho quente com amênduas e passas de uva e a ceia de natal. As famílias comem antes da chegada do Papai Noel e a ceia aqui é por volta das seis ou sete da noite,  após as crianças podem receber seus presentes que estão embaixo da árvore. Muitas famílias contratam um Papai Noel para visitarem suas casas e distribuirem os presentes.

Os finlandeses comem pernil de porco na ceia juntamente com as caçarolas de batata e cenoura que são uma delícia. Os peixes e saladas abrem o cardápio e são geralmente o salmão e o bacalhau.  O arroz doce com calda de ameixa é a sobremesa oficial e fácil de fazer.

No último natal pudemos ver pela janela a neve caindo o dia todo, nos enchendo com a paz e o genuíno espírito de natal.

Desejando a todas vocês um natal branco, que talvez não seja de neve, mas que seja de paz!

Hyvää Joulua! – Feliz Natal!

Confira o Blog “Brasileiras pelo mundo”
http://www.brasileiraspelomundo.com

brasileiras pelo mundo

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s